Sistema de Informações Meteorológicas

>> Incaper >> Meteorologia e Recursos Hídricos >>

ESTAÇÕES DO ANO

Selecione a estação:

DEFINIÇÕES ASTRONÔMICAS

À medida que a Terra gira sobre seu eixo (rotação), produzindo os dias e as noites, ela também se move em torno do Sol (translação) em uma órbita elíptica (círculo alongado). Esta “viagem” requer cerca de 365 e 1/4 dias para ser concluída. O eixo de rotação da Terra é inclinado em relação ao seu plano orbital, fazendo com que as estações do ano existam. Quando o eixo da Terra aponta para o Sol num determinado hemisfério, temos o verão. Quando o eixo da Terra aponta para o lado contrário, é inverno em tal hemisfério. Uma vez que a inclinação do eixo do planeta é de 23,5 graus, o polo nunca fica diretamente voltado para o Sol, mas, no solstício de verão, ele chega o mais perto possível disto e, no solstício de inverno, é quando ele fica mais afastado. Na metade do caminho entre estes dois extremos, ou seja, na primavera e no outono, o eixo de rotação da Terra faz 90 graus em relação ao Sol. Isto significa que, nesta data (equinócio), dias e noites têm aproximadamente a mesma duração: por volta de 12 horas cada.

 

Por que esta inclinação do eixo da Terra influencia o nosso clima? Para entender isso, podemos fazer o seguinte experimento: pegue um pedaço de papel e uma lanterna. Ao focar a luz da lanterna diretamente no papel, você verá um círculo iluminado. Toda a luz da lanterna está concentrada neste círculo. Agora, lentamente, incline o papel, de modo que o círculo iluminado se alongue na forma de uma elipse. Toda aquela luz está ainda na elipse, só que distribuída ao longo de mais papel, ou seja, a densidade da luz cai. Em outras palavras, a quantidade de luz que incide por centímetro quadrado do papel diminui (o número de centímetros quadrados iluminados aumenta, enquanto que a quantidade total de luz permanece a mesma).

 

O mesmo é válido para a Terra. Quando o Sol está apontando diretamente para dada região do planeta, a luz está incidindo diretamente em você. Desta forma, mais luz (e mais calor) atinge cada centímetro quadrado do terreno. Quando o Sol está baixo no céu, a luz fica mais espalhada sobre a superfície da Terra, e menos calor (por centímetro quadrado) pode ser absorvido. Uma vez que o eixo da Terra é inclinado, o Sol tem maior influência (a radiação que vem dele se espalha menos) quando você está na parte da Terra em que o eixo de rotação está voltado em direção ao Sol. Ao mesmo tempo, sua influência é menor na parte da Terra onde o seu eixo aponta para longe do sol.

 

Para o Hemisfério Sul, o eixo tem inclinação máxima voltada para o Sol em dezembro (especificamente, em torno de 21 de dezembro), e inclinação máxima para longe do Sol em torno de 21 de junho. Isto corresponde aos solstícios de verão e inverno (solstício vem do latim e quer dizer "Sol que não se move"). Para o Hemisfério Norte, esta análise é invertida. Para ambos os hemisférios, a Terra fica com seu eixo 90 graus afastado do sol em torno de 21 de março e por volta de 21 de setembro. Estas datas correspondem aos equinócios de outono e de primavera (equinócio vem do latim "noites iguais"). Nestas estações, todo lugar no mundo tem cerca de 12 horas de luz e 12 horas de noite.

 

Leia sobre as características meteorológicas de cada estação no menu acima.

 

Fonte: NWSFO/NOAA.

 

Rua Afonso Sarlo, 160 - Bento Ferreira - Vitória - Espírito Santo - CEP.: 29052-010 - Tel: 27 3636-9888

CGC/MF 27.273.416/0001-30 - INSC. ESTADUAL: 08063835-0

©2011 Incaper - Todos os direitos reservados.